Guia de viagem de Lucerna

Lucerna (em alemão, Luzern) é uma das cidades mais famosas da Suíça. Está localizada às margens do Rio Reuss, no final do Lago de Lucerna, e é emoldurada pelos impressionantes Alpes suíços.

A cidade é muito viva e as ruas são movimentadas. No lago, cisnes nadam majestosamente nas águas tranquilas e cristalinas. Muitas fontes, chafarizes, praças e construções históricas decoradas com pinturas que revestem as paredes externas das casas.

A cidade é limpa, organizada e pequena. Você consegue visitá-la a pé em apenas um dia. O idioma falado em Lucerna é o alemão, mas é possível se virar falando apenas inglês. O comércio é organizado e com muitas opções: bares, lanchonetes, lojas e restaurantes por todo lado. E claro, algumas lojas de relógio também, afinal estamos na Suíça!

Um marco importante da cidade é o Museggmauer, uma muralha construída para a defesa da cidade no século XIV, e que rodeia toda a parte antiga de Lucerna.

O muro tem 870 metros de comprimento, 9 metros de altura e interliga nove torres, construídas em diferentes estilos.

Originalmente eram 10 torres, mas uma delas foi destruída ao longo dos anos. Apenas 9 foram preservadas em seu estado original. É possível andar sobre esta muralha e 3 torres são abertas ao público.2

Além de uma linda vista da cidade do alto, em uma das torres está o relógio mais antigo da cidade, do ano de 1535, construído por Hans Luter.3

Situada na Suíça central, Lucerna é uma excelente base para explorar outras regiões já que se encontram próximas, como as montanhas Rigi, Pilatus e Stanserhorn.

Alguns dos pontos mais visitados de Lucerna são:

Spreuerbrücke ou Ponte do Moinho

A ponte Spreuer está localizada sobre o rio Reuss e liga uma margem a outra do rio. É feita toda em madeira e coberta. Em 1566 uma enchente destruiu a ponte original, que foi reconstruída logo após o desastre.

Esta ponte adorna ricos detalhes da época medieval, pintados sobre quadros triangulares de madeira que estão fixados nas vigas da ponte.

Detalhes ricos, do autor Gaspar Meglinger, feitos entre 1626 a 1635, com temas contando a Dança da Morte, onde há a figura de uma caveira sempre presente. Além disso, abriga em uma das extremidades, uma pequena hidrelétrica, que funciona com a força das águas do rio.

Kapelbrücke ou Ponte da Capela

 Com certeza este é um dos maiores cartões postais da Suíça. A Ponte da Capela foi construída em 1333 e fazia parte do complexo de fortificações da cidade, defendendo Lucerna de possíveis ataques fluviais vindos do lago.4

A Kapelbrücke funciona apenas para pedestres e é toda em madeira, considerada inclusive a ponte de madeira coberta mais antiga da Europa. No teto, 112 quadros triangulares com cenas importantes da história da cidade e do país, datados do início do século XVII. A visita vale tanto de dia como de noite.5A ponte está localizada na zona central da cidade. Liga a cidade antiga à cidade nova, atravessando o Rio Reuss na diagonal. É um local muito romântico, principalmente durante o verão e primavera, quando suas sacadas de madeira se enchem de enormes buques de flores, enfeitando toda sua borda, multicolorida.6Na ponta sul da ponte fica a Wasserturm (torre da água). Esta torre octogonal, ou seja que possui 8 lados, foi construída em 1300, antes mesmo de a ponte ser construída. Hoje é uma lojinha de souvenir, mas ao longo dos séculos serviu a alguns propósitos inusitados, como prisão, câmara de tortura e tesouraria da cidade.

Foi construída inicialmente no século XV, pegou fogo em 1993 e em 2001 reconstruída, preservando todos os aspectos da sua construção original.7Passear pela ponte é de graça, mas contratar um guia ou um passeio em uma agência para poder saber a história dos painéis e da ponte em si é um investimento que vale a pena se você for um amante de história.

Monumento do Leão ou Leão de Lucerna

O Leão de Lucerna fica a 15 minutos de caminhada do centro histórico de Lucerna. Existem placas de indicação do local espalhadas pela cidade.

Este monumento, esculpido em 1820, foi uma homenagem aos mais de 700 soldados suíços que morreram em Paris, durante a Revolução Francesa, em 1792.8

Com cerca de 10 metros de comprimento, talhado em rocha de arenito, a imagem de um leão ferido com uma ponta de lança encravada no corpo ao lado do brasão da Suíça, retrata seus últimos minutos de vida.

Concebida por um famoso escultor dinamarquês, chamado Bertel Thorvaldsen, se tornou um dos monumentos mais conhecidos e visitados da Suíça.9Acima da escultura, encontra-se a inscrição em latim “Helvetiorum fedei ac Virtuti“, que significa “À lealdade e bravura dos suíços”. O autor Mark Twain proclamou o Monumento do Leão como “a pedra mais triste e comovente do mundo”.

Igrejas

A Igreja Jesuíta fica próxima a ponte da Capela, às margens do rio Reuss. Datada do ano de 1557, esta igreja é considerada o primeiro edifício sacro em estilo barroco de toda a Suíça.10St. Leodegar é a igreja mais importante de Lucerna por ser local de nascimento da cidade. Construída entre 1633 a 1639, é também considerada a igreja Renascentista mais importante da Suíça.11Está situada em uma colina, e por isso se destaca do resto da cidade. É formada por duas torres gêmeas, a Hofkirche. Ao lado há um cemitério onde estão enterradas as famílias dos nobres que lá viveram antigamente.

KKL

Bem próximo à estação de trem está o KKL, um grande centro de cultura e convenções, inaugurado em 1998. A arquitetura e o design futuristas foram projetados pelo arquiteto francês Jean Nouvel. Este centro cultural, cuja sala de concertos é conhecida por sua impecável acústica, é palco de grande variedade de eventos culturais ao longo do ano.

O Triumphbogen é um arco do triunfo na estação principal de trem de Lucerna. Esta estação foi aberta em 1991, depois que o edifício velho tinha sido destruído em um incêndio, 20 anos antes.12Como a entrada principal da estação antiga sobreviveu ao fogo, se destaca agora então como uma entrada imponente no meio do pátio. No alto do arco está uma estátua feita pelo escultor suíço Richard Kissling.

Para mais informações sobre a cidade, clique aqui.

Entre em contato com o Swiss Guide caso queira reservar um tour guiado por Lucerna. Conhecemos os melhores guias brasileiros na Suíça!

Imprimir
Compartilhe:

7 Trackbacks / Pingbacks

  1. Informações Gerais sobre a Suíça - Swiss Guide
  2. O fantástico Museu dos Transportes, Lucerna - Swiss Guide
  3. Guia de viagem de Zurique - Swiss Guide
  4. Os pubs mais animados da Suíça - Swiss Guide
  5. Visite as melhores fábricas de chocolate da Suíça - Swiss Guide
  6. Guia básico para férias na Suíça - Swiss Guide
  7. O melhor da Suíça para crianças - Swiss Guide

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*